Salvador, 23 de Abril de 2014
Winamp windows Media Player Real Player QuickTime
Baixar na App Store
Galaticos Online

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Auditado pelo IVC

Traficante assume morte de rival

Por: Redação Bocão News - 27 de Julho de 2012 - 18h12

  • 0
O traficante Joseval Santos Marques, o “Jobinha”, autor confesso do assassinato de um rival identificado como Marcus Vinícius dos Santos Bonfim, o “Nego Drama”, foi preso, na tarde de quarta-feira (26), dentro de um barraco na Rua Marmorana, na Capelinha de São Caetano, com um revólver calibre 38, municiado. Ao perceber a presença de uma equipe da 4ª Delegacia Territorial (DT) na localidade, ele tentou se esconder no barraco onde reside com o pai, sendo capturado e conduzido para a unidade policial.

Interrogado pela delegada Rogéria Araújo, titular da 4ª DT, “Jobinha” declarou ter matado “Nego Drama” por vingança, no dia 26 de abril de 2008, na Ladeira do Cacau. Segundo ele, o rival teria assassinado, três meses antes, seu irmão Joselito da Silva Marques. Autuado em flagrante por posse ilegal de arma, Joseval terá a prisão preventiva solicitada à Justiça e será investigado por outros crimes.

“Depois da condução de ‘Jobinha’ à 4ª DT, recebemos diversos telefonemas da comunidade, delatando a participação dele em vários crimes na região”, afirmou a delegada Rogério Araújo. Em liberdade provisória há seis meses, Joseval  esteve recolhido no Presídio de Lauro de Freitas, por roubo qualificado. Ele também tem passagens pela 1ª Delegacia Territorial (DT/ Barris), por tráfico de drogas.

“Jobinha”, segundo apurou o Serviço de Investigação (SI) da 4ª DT, integrava a quadrilha do traficante “Washington Boca Mole”, envolvido em homicídios e com o comércio de drogas na região de São Caetano e no subúrbio de Lobato. O criminoso, que vem sendo procurado, tem prisões preventivas decretadas pelas Varas de Tóxicos e do Júri.

0 Comentário

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Relacionadas

  • Auditado pelo IVC