Salvador, 20 de Abril de 2014
Winamp windows Media Player Real Player QuickTime
Baixar na App Store
Galaticos Online

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Auditado pelo IVC

Presas mulheres tentando entrar em presídio com drogas

Por: Patrícia Costa - 20 de Maio de 2011 - 09h00

  • 3

Duas mulheres foram presas nesta quinta-feira (19) após uma tentativa frustrada de entrar no Presídio de Salvador, localizado no bairro da Mata Escura, com drogas escondida nas partes íntimas. Michele Santana Silva, 26, e Luana da Silva Andrade, 24, foram encaminhadas à Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), nos Barris.


Luana e Michele foram presas em flagrante durante vistoria no presídio
 

De acordo com o delegado plantonista da DTE, Montenegro, o material foi encontrado com as duas durante a revista de entrada para visitação. Ao ser descoberta, Michele confessou que levava 100 gramas de maconha e 80 gramas de cocaína para seu irmão, identificado como Magno, que está detido há cerca de cinco meses na unidade prisional por assalto.

Michele conta que ela recebeu a droga das mãos de uma mulher, que não teve o nome revelado, a mando de seu irmão. Como estava precisando de dinheiro, ela aceitou levar os entorpecentes e em troca receberia R$ 200 pelo serviço.

No outro caso, Luana, que é natural de Vitória da Conquista e está grávida de três meses, contou que a droga seria entregue para seu marido, o interno Gilvan Lima Marques. Com ela, policiais encontraram 80 gramas de maconha.

Segundo a acusada, ela chegou na capital baiana há cerca de duas semanas para visitá-lo. Gilvan, que está preso há quase dois anos por porte ilegal de arma e outro crime que ela não soube informar, havia pedido para ela levar maconha para ele na penitenciária.    

Michele e Luana foram autuadas por tráfico de drogas e serão encaminhadas para a Delegacia de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Derca), já que na DTE não há carceragem feminina.

Foto: Roberto Viana/Bocão News


Matéria postada em 19/05/2011, às 19h50 e atualizada em 20/05/2011 às 9h

3 Comentários

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

  • anonimo

    12 de Dezembro de 2011

    "bocão dieginho esta no vila mar na estrada velha do aeroporto"

  • JULIANA

    02 de Junho de 2011

    "NÃO DUVIDO NADA DE QUE ESSAS DUAS FORAM OBRIGADAS A FAZER O QUE FIZERAM! QUEM SABE QUE HOJE EM DIA OS BANDIDOS COMANDAM O TRAFICO DE DROGAS LA DE DENTRO DO PRESIDIO MESMO? SE PESSOAS DE CLASSE MEDIA ALTA SEM ENVOLVEM COM ESSE TIPO DE SITUAÇÃO IMAGINE ESSAS DUAS SENDO DE ORIGEM HUMILDE.. É NO INTERIOR É NA CAPITAL EM QUALQUER LUGAR DO BRASIL SEMPRE HA ALGUEM QUE SE ENVOLVE COM ISSO E QUEM SE ENVOLVE NÃO ESTA DE LIVRE DE PASSAR POR ISSO UM DIA... "

  • Moral

    21 de Maio de 2011

    "Vamos acabar com essa história de coitadinhas elas se fazem de vítimas desses marginais e na verdade quantas delas sabem do risco de entrar com drogas e outros objetos proibido em um presídio agora fica se fazendo de inocente quando é pega não é atoa que o números de mulheres no crime esta aumentando a cada dia veja o caso dessa vagabunda GORDA que foi presa e como ela tem mais e fico imaginando porque delas não trabalham e vive as custas da marginalidade é isso mesmo eu conheço muitas que vivem com bandido por pura mordomia e quando ele morre ela trata de arranjar outro bandido e quando o bandido tá preso ela para não morrer tem que pagar pau e até se tornam prostituta que na verdade não muda em nada a vida dela quando se vive com bandidos é por troca de mordomia na verdade o DINHEIRO! Cadeia nelas!"

Relacionadas

  • Auditado pelo IVC