Salvador, 17 de Abril de 2014
Winamp windows Media Player Real Player QuickTime
Baixar na App Store
Galaticos Online

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Auditado pelo IVC

Médica corre risco dentro do Presídio Salvador

Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews) - 18 de Outubro de 2013 - 10h57

  • 4
As primeiras horas da médica oftalmologista Kátia Vargas na ala feminina do Presídio Salvador são de tensão de acordo com fontes com acesso ao local. O Bocão News obteve informações relativas à rotina inicial da responsável pelas mortes de dois irmãos na última semana em Ondina e, inicialmente, a presença da acusada no local inspira cuidados devido aos riscos que Kátia corre diante das outras presas.
 
As fontes da reportagem relatam que as outras detentas do local já sabem da presença da médica no presídio, e, indignadas com a morte ocorrida em um acidente de trânsito, planejam represálias contra Kátia. Para que isto não ocorra, a nova integrante da ala feminina está no centro médico por tempo indeterminado.
 
No local, a médica passou por exames obrigatórios para todas as internas que chegam à cadeia, a exemplo de avaliações ginecológicas. Após o encerramento do processo, os servidores a mantiveram no local por segurança. Os agentes estudam formas de integrar Kátia à rotina do presídio e, ao mesmo tempo, preservar sua integridade física.
 
A maior preocupação é o momento do banho de sol, uma vez que a acusada ocupará uma cela comum, mas não a dividirá com ninguém. O espaço é pequeno e está equipado unicamente com uma cama, uma mesa e um vaso sanitário. Kátia Vargas ficará neste local até que o inquérito seja encerrado, o que pode ocorrer em até 10 dias. Após o processo, seus advogados poderão entrar com pedido de habeas corpus.


A médica acusada das mortes chegou ao Presidio Salvador no início da manhã vinda diretamente do Hospital Aliança. Ela estava internada no local desde o dia do acidente, na última sexta-feira (11). A demora na saída da motorista da SUV envolvida nas mortes levou o Ministério Público a suspeitar que a unidade médica estava obstruindo a Justiça e ameaça-la de processo.
 
A saída de Kátia foi cercada de expectativa e alvoroço. Na quarta, representantes do Ministério Público afirmaram que laudo médico não apresentava complicações de saúde que obrigassem a médica a permanecer em observação no hospital. Por outro lado, devido ás perturbações psicológicas decorrentes da repercussão do caso, a acusada afirmava que desejava dar fim à própria vida.

Publicada no dia 17 de outubro de 2013, às 16h43


4 Comentários

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

  • Nélio

    05 de Novembro de 2013

    "Todos julgam mais não sabendo qUE os motoqueiros se achamos os donos do trânsito eu dirijo todos os dias e vejo o que estes motoqueiros fazem são muito ousados não respeitam ninguém porisso que aconteceu não acho que doutora tem esta culpa toda não."

  • marcos santos

    02 de Novembro de 2013

    "precisamos de justiça coisa que no brasil não tem precisa melhora e bem capaz de ela volta as ruas em 6 meses com ajuda dos advogados a justiça e cega nao acredito na justiça brasileira uma perda desse tipo nao tem perdao foi uma perda lastimavel sera que ela estava bebendo pra causa isso tudo duas vidas desejo que ela pague seus crimes se existir justiça neste pais mostre que ela nao e cega que deus de forças a esta familia "

  • Josete

    18 de Outubro de 2013

    "Precisamos de justiça nesse caso!!!!! Justiça!!!! "

  • fabiana

    18 de Outubro de 2013

    "a morte seria pouco para ela que mereci sofre cada dia da sua infeliz vida. essa medica é uma ameaça para a sociedade. estou indignada revoltada é como se tivesse sido alguém da minha família. que Deus de forcas a essa mãe que perdeu seus únicos filhos dessa forma tão monstruosa que a justiça realmente seja feita independente dela se medica pois a justiça é para todos e não só para os pobres."

Relacionadas

  • Auditado pelo IVC